quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Abro a geladeira, o que fazer para o jantar? Quase só encontro eco de tão vazia que esta a geladeira, preciso fazer supermercado urgentemente!! Na gavetas dos legumes...apenas cebolas. Então não tinha muito o que escolher...bifes de filé mignon...com...cebolas? Como? Cebolas como acompanhamento? Uma torta! Claro, uma torta de cebola!
Bem amigas, aqui esta ela...ficou linda, linda!!


Ingredientes:
MASSA:
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de linhaça integral em pó
  • 2 colheres (sopa) de farelo de trigo
  • 2 colheres (sopa) de farelo de aveia
  • 3 colheres (sopa) de margarina light
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • sal a gosto
RECHEIO:
  • 3 cebola grandes em rodelas
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • alecrim, noz moscada, pimenta do reino e sal a gosto
  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão light

Modo de preparo:

MASSA: Misture as farinhas. Acrescente a margarina e o azeite e vá amassando com as mãos até agregar bem a massa. Forre o fundo e laterais de um refratário para tortas. Reserve.


RECHEIO: Numa frigideira murche as cebolas no azeite. Junte a farinha de trigo, para secar o líquido que tenha formado no fundo da frigideira. Tempere a gosto com o alecrim, noz moscada, pimenta do reino e sal. Arrume a cebola no refratário, cubra com os ovos ligeiramente batidos e o queijo parmesão. Leve ao forno para assar.

17:56 Neyma
Abro a geladeira, o que fazer para o jantar? Quase só encontro eco de tão vazia que esta a geladeira, preciso fazer supermercado urgentemente!! Na gavetas dos legumes...apenas cebolas. Então não tinha muito o que escolher...bifes de filé mignon...com...cebolas? Como? Cebolas como acompanhamento? Uma torta! Claro, uma torta de cebola!
Bem amigas, aqui esta ela...ficou linda, linda!!


Ingredientes:
MASSA:
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de linhaça integral em pó
  • 2 colheres (sopa) de farelo de trigo
  • 2 colheres (sopa) de farelo de aveia
  • 3 colheres (sopa) de margarina light
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • sal a gosto
RECHEIO:
  • 3 cebola grandes em rodelas
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • alecrim, noz moscada, pimenta do reino e sal a gosto
  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão light

Modo de preparo:

MASSA: Misture as farinhas. Acrescente a margarina e o azeite e vá amassando com as mãos até agregar bem a massa. Forre o fundo e laterais de um refratário para tortas. Reserve.


RECHEIO: Numa frigideira murche as cebolas no azeite. Junte a farinha de trigo, para secar o líquido que tenha formado no fundo da frigideira. Tempere a gosto com o alecrim, noz moscada, pimenta do reino e sal. Arrume a cebola no refratário, cubra com os ovos ligeiramente batidos e o queijo parmesão. Leve ao forno para assar.

domingo, 23 de novembro de 2008

Minhas amigas queridas, amanhã é o último dia do desafio Finger Foods do blog da chef Debora Cordeiro. Debora querida, não esqueci!! Não deixaria de participar, principalmente por não ter muito talento para esses pratos mais delicados e elaborados, o que foi realmente um desafio. Atravez de ideias de meu marido, que sugeriu um canapé enroladinho, vi o que poderia usar e sairam estes rolinhos, que ficaram bem saborosos. Fiz tres tipos diferentes para chegar ao melhor sabor e este foi o escolhido (Desculpem as fotos, que não ficaram boas).

Espero que gostem!!

Ingredientes: (para cada disco de massa)
  • 1 disco de massa para Wrap
  • 2 colheres (chá) de geléia de pétalas de rosa
  • 2 colheres (sopa) de gorgonzola ralado
  • 4 fatias bem finas de lombinho defumado
  • 2 colheres (sopa) de nozes picadas

Modo de preparo:

Aqueça ligeiramente o disco de massa na frigideira, para ficar mais flexivel. Passe a geléia, cubra com o gorgonzola, as nozes picadas e as fatias de lombinho.


Faça um rolinho bem apertado e corte em rodelinhas.

21:48 Neyma
Minhas amigas queridas, amanhã é o último dia do desafio Finger Foods do blog da chef Debora Cordeiro. Debora querida, não esqueci!! Não deixaria de participar, principalmente por não ter muito talento para esses pratos mais delicados e elaborados, o que foi realmente um desafio. Atravez de ideias de meu marido, que sugeriu um canapé enroladinho, vi o que poderia usar e sairam estes rolinhos, que ficaram bem saborosos. Fiz tres tipos diferentes para chegar ao melhor sabor e este foi o escolhido (Desculpem as fotos, que não ficaram boas).

Espero que gostem!!

Ingredientes: (para cada disco de massa)
  • 1 disco de massa para Wrap
  • 2 colheres (chá) de geléia de pétalas de rosa
  • 2 colheres (sopa) de gorgonzola ralado
  • 4 fatias bem finas de lombinho defumado
  • 2 colheres (sopa) de nozes picadas

Modo de preparo:

Aqueça ligeiramente o disco de massa na frigideira, para ficar mais flexivel. Passe a geléia, cubra com o gorgonzola, as nozes picadas e as fatias de lombinho.


Faça um rolinho bem apertado e corte em rodelinhas.

sábado, 22 de novembro de 2008

Bananas sobrando...um bolo talvez, uma otima receita de bolo com casca...fica para semana que vem quando meus pais estarão aqui em casa (Ai que bom!!!). Biscoito então...procura aqui e ali...uma receita light e diet...hummm...delícia!!
Fica crocante por fora e macio por dentro, modelados com colher, bem rústicos e o sabor...MARAVILHOSO!! Perfeito para receber amigas de dieta para um chá!! Rico em fibras e potássio!! Pobre em açúcar e gordura!! Vale experimentar.
Bem...aí estão biscoitinhos de banana levinhos para amenizar o peso do post passado!!
Ingredientes:
  • 200g de ameixa seca sem caroço ou uva passa
  • 1 ovo
  • 1 xícara (chá) de aveia em flocos
  • 1/2 xícara (chá) de farelo de trigo
  • 4 bananas amassadas
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 3 colheres (sopa) de adoçante tipo forno e fogão
  • 60 g de margarina light
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • margarina e farinha de trigo para untar

Modo de preparo:

Deixe as ameixas de molho em água por 1 hora. Em uma tigela, misture o ovo com a aveia e o farelo de trigo. Adicione as bananas, a canela e o adoçante. Escorra as ameixas, corte-as em pedaços bem pequenos e misture com todos os ingredientes, inclusive a margarina, a essência de baunilha, a farinha e o fermento.

Com o auxílio de uma colher, modele pequenas porções em uma assadeira untada e enfarinhada e leve ao forno médio, preaquecido. Retire quando os bolinhos estiverem dourados.

19:37 Neyma
Bananas sobrando...um bolo talvez, uma otima receita de bolo com casca...fica para semana que vem quando meus pais estarão aqui em casa (Ai que bom!!!). Biscoito então...procura aqui e ali...uma receita light e diet...hummm...delícia!!
Fica crocante por fora e macio por dentro, modelados com colher, bem rústicos e o sabor...MARAVILHOSO!! Perfeito para receber amigas de dieta para um chá!! Rico em fibras e potássio!! Pobre em açúcar e gordura!! Vale experimentar.
Bem...aí estão biscoitinhos de banana levinhos para amenizar o peso do post passado!!
Ingredientes:
  • 200g de ameixa seca sem caroço ou uva passa
  • 1 ovo
  • 1 xícara (chá) de aveia em flocos
  • 1/2 xícara (chá) de farelo de trigo
  • 4 bananas amassadas
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 3 colheres (sopa) de adoçante tipo forno e fogão
  • 60 g de margarina light
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • margarina e farinha de trigo para untar

Modo de preparo:

Deixe as ameixas de molho em água por 1 hora. Em uma tigela, misture o ovo com a aveia e o farelo de trigo. Adicione as bananas, a canela e o adoçante. Escorra as ameixas, corte-as em pedaços bem pequenos e misture com todos os ingredientes, inclusive a margarina, a essência de baunilha, a farinha e o fermento.

Com o auxílio de uma colher, modele pequenas porções em uma assadeira untada e enfarinhada e leve ao forno médio, preaquecido. Retire quando os bolinhos estiverem dourados.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008



VOCÊ SABIA QUE...
  • A cada 15 segundos uma mulher é agredida no Brasil.
  • Segundo pesquisa da OMS (Organização Mundial de Saúde) publicada em 2005, 23% das mulheres entrevistadas na Grande São Paulo afirmam ter sido influenciadas pela violência contra a mulher, direta ou indiretamente, pelo menos uma vez durante suas vidas.
  • Segundo a Sociedade Mundial de Vitimologia (IVW, ligada ao governo da Holanda e à ONU), que pesquisou a violência doméstica com 138 mil mulheres, de 54 países, o Brasil é o país que mais sofre com a violência doméstica: 23% das mulheres brasileiras estão sujeitas a este tipo de violência.
  • Pelo menos uma em cada três mulheres ao redor do mundo sofre algum tipo de violência durante sua vida, de acordo com estimativa da Anistia Internacional.
  • De acordo com o Conselho da Europa (integrante do sistema europeu de proteção aos direitos humanos), a violência doméstica é a principal causa de morte e deficiência entre mulheres de 16 a 44 anos de idade e mata mais do que câncer e acidentes de tráfego.
  • Nos Estados Unidos, as mulheres representaram 85% das vítimas de violência doméstica em 1999, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU).
  • Um levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que cerca de 70% das vítimas de assassinato do sexo feminino foram mortas por seus maridos..
  • A Anistia Internacional afirma que esses números representam apenas "a ponta do iceberg" já que a violência contra a mulher geralmente não é reportada, pois as vítimas se sentem envergonhadas ou sentem medo.

  • Fenômeno universal que atinge indistintamente mulheres de todas as classes sociais, etnias, religiões e culturas.

  • Produz conseqüências emocionais devastadoras, muitas vezes irreparáveis, e impactos graves sobre a saúde sexual e reprodutiva da mulher.

  • Entre 25% e 50% das sobreviventes são infectadas por DST. A cada 4 minutos, uma mulher é agredida em seu próprio lar por uma pessoa com quem mantém relação de afeto.

  • 70% dos incidentes acontecem dentro de casa, sendo que o agressor é o próprio marido ou companheiro.

  • Mais de 40% das violências resultam em lesões corporais graves decorrentes de socos, tapas, chutes, amarramentos, queimaduras, espancamentos e estrangulamentos.
  • Fontes: IPAS / ViolênciaMulher
  • Campanha16dias
COLE O SELINHO NO SEU BLOG

Queridas amigas,

Peço desculpas por fugir do tema (culinária) neste post, mas como puderam ler acima, a violência contra a mulher é um assunto muito grave que atinge muitas de nós mulheres e merece ser mencionado. Ouvi sobre a campanha no rádio e tv e achei que valeria o parenteses.

Sempre podemos fazer alguma coisa para ajudar, não é mesmo?

Beijinhos a todas!!

17:56 Neyma


VOCÊ SABIA QUE...
  • A cada 15 segundos uma mulher é agredida no Brasil.
  • Segundo pesquisa da OMS (Organização Mundial de Saúde) publicada em 2005, 23% das mulheres entrevistadas na Grande São Paulo afirmam ter sido influenciadas pela violência contra a mulher, direta ou indiretamente, pelo menos uma vez durante suas vidas.
  • Segundo a Sociedade Mundial de Vitimologia (IVW, ligada ao governo da Holanda e à ONU), que pesquisou a violência doméstica com 138 mil mulheres, de 54 países, o Brasil é o país que mais sofre com a violência doméstica: 23% das mulheres brasileiras estão sujeitas a este tipo de violência.
  • Pelo menos uma em cada três mulheres ao redor do mundo sofre algum tipo de violência durante sua vida, de acordo com estimativa da Anistia Internacional.
  • De acordo com o Conselho da Europa (integrante do sistema europeu de proteção aos direitos humanos), a violência doméstica é a principal causa de morte e deficiência entre mulheres de 16 a 44 anos de idade e mata mais do que câncer e acidentes de tráfego.
  • Nos Estados Unidos, as mulheres representaram 85% das vítimas de violência doméstica em 1999, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU).
  • Um levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontou que cerca de 70% das vítimas de assassinato do sexo feminino foram mortas por seus maridos..
  • A Anistia Internacional afirma que esses números representam apenas "a ponta do iceberg" já que a violência contra a mulher geralmente não é reportada, pois as vítimas se sentem envergonhadas ou sentem medo.

  • Fenômeno universal que atinge indistintamente mulheres de todas as classes sociais, etnias, religiões e culturas.

  • Produz conseqüências emocionais devastadoras, muitas vezes irreparáveis, e impactos graves sobre a saúde sexual e reprodutiva da mulher.

  • Entre 25% e 50% das sobreviventes são infectadas por DST. A cada 4 minutos, uma mulher é agredida em seu próprio lar por uma pessoa com quem mantém relação de afeto.

  • 70% dos incidentes acontecem dentro de casa, sendo que o agressor é o próprio marido ou companheiro.

  • Mais de 40% das violências resultam em lesões corporais graves decorrentes de socos, tapas, chutes, amarramentos, queimaduras, espancamentos e estrangulamentos.
  • Fontes: IPAS / ViolênciaMulher
  • Campanha16dias
COLE O SELINHO NO SEU BLOG

Queridas amigas,

Peço desculpas por fugir do tema (culinária) neste post, mas como puderam ler acima, a violência contra a mulher é um assunto muito grave que atinge muitas de nós mulheres e merece ser mencionado. Ouvi sobre a campanha no rádio e tv e achei que valeria o parenteses.

Sempre podemos fazer alguma coisa para ajudar, não é mesmo?

Beijinhos a todas!!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008



Hoje é dia de Intercâmbio Culinário e estou muito feliz em postar a receita da familia da Karla minha filhota portuguesa, uma receita simples e bem facil de fazer mas com um paladar maravilhoso. Nós aqui em casa adoramos e não sobrou nada para contar a historia. A receita é para 4 a 6 pessoas, mas como aqui em casa somos só eu e meu marido, fiz meia receita. Posto aqui a receita original. Espero que gostem!!


BACALHAU NO FORNO

Ingredientes: (p/ 4 a 6 pessoas)
  • 4 postas de bacalhau
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 3 cebola grandes
  • 2 dl de azeite
  • 6 ovos
  • 1 dl de leite
  • sal e pimenta

Modo de preparo:


Põe-se o bacalhau de molho. Em seguida retira-se-lhe a pele e as espeinhas e corta-se em quadrados. Leva-se a cozer, escorre-se muito bem, passam-se os bocados de bacalhau por farinha e colocam-se num tabuleiro de barro que possa ir a mesa e ao forno. Pica-se a cebola muito finamente e leva-se a lume muito brando com o azeite só para amaciar a cebola.


Retira-se o refogado do calor, deixa-se arrefecer um pouco e juntam-se-lhes os ovos previamente batidos com o leite. Tempera-se com sal e peimenta e deita-se sobre o bacalhau. Leva-se imediatamente ao forno forte e serve-se.


Se se verificar que a quantidade de ovos não é suficiente para cobrir completamente o bacalhau, devem juntar-se mais alguns.

09:20 Neyma


Hoje é dia de Intercâmbio Culinário e estou muito feliz em postar a receita da familia da Karla minha filhota portuguesa, uma receita simples e bem facil de fazer mas com um paladar maravilhoso. Nós aqui em casa adoramos e não sobrou nada para contar a historia. A receita é para 4 a 6 pessoas, mas como aqui em casa somos só eu e meu marido, fiz meia receita. Posto aqui a receita original. Espero que gostem!!


BACALHAU NO FORNO

Ingredientes: (p/ 4 a 6 pessoas)
  • 4 postas de bacalhau
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 3 cebola grandes
  • 2 dl de azeite
  • 6 ovos
  • 1 dl de leite
  • sal e pimenta

Modo de preparo:


Põe-se o bacalhau de molho. Em seguida retira-se-lhe a pele e as espeinhas e corta-se em quadrados. Leva-se a cozer, escorre-se muito bem, passam-se os bocados de bacalhau por farinha e colocam-se num tabuleiro de barro que possa ir a mesa e ao forno. Pica-se a cebola muito finamente e leva-se a lume muito brando com o azeite só para amaciar a cebola.


Retira-se o refogado do calor, deixa-se arrefecer um pouco e juntam-se-lhes os ovos previamente batidos com o leite. Tempera-se com sal e peimenta e deita-se sobre o bacalhau. Leva-se imediatamente ao forno forte e serve-se.


Se se verificar que a quantidade de ovos não é suficiente para cobrir completamente o bacalhau, devem juntar-se mais alguns.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Minha queridíssima amiga Mari me passou o Desafio Azul, que nos leva a refletir sobre como estamos colaborando com a conservação de nosso planeta, como estamos cuidando dele. Com atitudes simples, e algumas mudanças de hábitos podemos fazer a diferença e dar a nossa colaboração para que nossos filhos e netos herdem um mundo melhor do que vivemos hoje. Aos poucos a mentalidade do povo brasileiro vai se modificando e assuntos como este que há vinte anos atras não nos preocupava, hoje toma um espaço de profunda conscientização que ja se aprende na escola e tem muita criança ensinando a seus pais.
Vamos acordar enquanto ainda há tempo e fazer a nossa parte, um pouquinho de cada vez, mudar nossos hábitos. Como Mari, não sou uma militante, sei que poderia fazer bem mais, mas tenho mudado muitos dos meus habitos e melhorado em muitas coisas:
  • Separo meu lixo, mesmo não havendo coleta seletiva no meu predio de Itaipava. Na Barra ja temos.
  • Não jogo, em hipotese alguma, lixo para fora do carro.
  • Economizo água no banho, usando o necessário, desligando a agua enquanto me ensaboo.
  • Não deixo luzes acesas pela casa, não havendo ninguem no comodo.
  • Quando não estou em casa, procuro (as vezes esqueço) desligar os aparelhos que tem luzes de stand by, das tomadas.
  • Procuro, sempre que posso, aproveitar integralmente os alimentos, inclusive cascas e talos.
  • Reaproveito os alimentos prontos, transformando-os em outros preparos, como bolinhos e sufles.
  • Junto as roupas em quantidades que encham a maquina para usar menos agua.
  • Separo as roupas para passar de uma vez por semana, para economizar a eletricidade.

Bem, aos poucos vamos melhorando e encontrando novas formas de economizar e colaborar com um mundo melhor.

Passo agora este desafio para 3 queridas amigas:

Para aproveitar o assunto e não deixar de postar uma receitinha, estava com um mamão (metade) já meio mole, comi o mamão e então procurei uma receita que usasse a casca, para não joga-la fora. Achei uma receita no site do Mais Você, mas que pedia quantidades maiores do que eu tinha, então reduzi a receita, e ficou muito bom. Preparei o bolo na minha nova panela Lyon da Tramontina, para experimentar se assava bolo mesmo, como dizia o fabricante. E não é que assa mesmo!!!

BOLO DE CASCA DE MAMÃO

Ingredientes:

  • 2 xicaras de casca de mamão
  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3 ovos
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:

Leve as cascas para ferver por 5 minutos com a água. Deixe esfriar, bata no liquidificador e reserve. Bata as claras em neve e reserve. Bata as gemas com o açúcar até ficar esbranquiçado. Junte a farinha de trigo, intercalando com as cascas batidas. Ao final junte as claras em neve e o fermento.

Asse em forno médio.


13:48 Neyma
Minha queridíssima amiga Mari me passou o Desafio Azul, que nos leva a refletir sobre como estamos colaborando com a conservação de nosso planeta, como estamos cuidando dele. Com atitudes simples, e algumas mudanças de hábitos podemos fazer a diferença e dar a nossa colaboração para que nossos filhos e netos herdem um mundo melhor do que vivemos hoje. Aos poucos a mentalidade do povo brasileiro vai se modificando e assuntos como este que há vinte anos atras não nos preocupava, hoje toma um espaço de profunda conscientização que ja se aprende na escola e tem muita criança ensinando a seus pais.
Vamos acordar enquanto ainda há tempo e fazer a nossa parte, um pouquinho de cada vez, mudar nossos hábitos. Como Mari, não sou uma militante, sei que poderia fazer bem mais, mas tenho mudado muitos dos meus habitos e melhorado em muitas coisas:
  • Separo meu lixo, mesmo não havendo coleta seletiva no meu predio de Itaipava. Na Barra ja temos.
  • Não jogo, em hipotese alguma, lixo para fora do carro.
  • Economizo água no banho, usando o necessário, desligando a agua enquanto me ensaboo.
  • Não deixo luzes acesas pela casa, não havendo ninguem no comodo.
  • Quando não estou em casa, procuro (as vezes esqueço) desligar os aparelhos que tem luzes de stand by, das tomadas.
  • Procuro, sempre que posso, aproveitar integralmente os alimentos, inclusive cascas e talos.
  • Reaproveito os alimentos prontos, transformando-os em outros preparos, como bolinhos e sufles.
  • Junto as roupas em quantidades que encham a maquina para usar menos agua.
  • Separo as roupas para passar de uma vez por semana, para economizar a eletricidade.

Bem, aos poucos vamos melhorando e encontrando novas formas de economizar e colaborar com um mundo melhor.

Passo agora este desafio para 3 queridas amigas:

Para aproveitar o assunto e não deixar de postar uma receitinha, estava com um mamão (metade) já meio mole, comi o mamão e então procurei uma receita que usasse a casca, para não joga-la fora. Achei uma receita no site do Mais Você, mas que pedia quantidades maiores do que eu tinha, então reduzi a receita, e ficou muito bom. Preparei o bolo na minha nova panela Lyon da Tramontina, para experimentar se assava bolo mesmo, como dizia o fabricante. E não é que assa mesmo!!!

BOLO DE CASCA DE MAMÃO

Ingredientes:

  • 2 xicaras de casca de mamão
  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3 ovos
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo:

Leve as cascas para ferver por 5 minutos com a água. Deixe esfriar, bata no liquidificador e reserve. Bata as claras em neve e reserve. Bata as gemas com o açúcar até ficar esbranquiçado. Junte a farinha de trigo, intercalando com as cascas batidas. Ao final junte as claras em neve e o fermento.

Asse em forno médio.


segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Domingo, 09/11/2008
Saimos no domingo de manhã para dar uma volta, iamos ao Mercado Municipal mas no caminho passamos numa feira de antiguidades no Bexiga e meu marido não resistiu. Ficamos por lá, rodamos todas as barracas e meu marido comprou um capacete da II Guerra Mundial. Depois fomos eu, minha sogra e meu marido almoçar no restaurante Famiglia.Mancini, que adoramos e sempre que estamos em SP procuramos dar uma passadinha por lá. Minha sogra não conhecia, adorou tudo e é a autora das fotos que posto hoje. O restaurante é uma típica tratoria italiana e fica sempre muito cheia, esperamos mais ou menos uma hora por uma mesa, mas valeu a pena para comer aquele delicioso espaguete com frutos do mar...humm...Uma delicia!!
20:40 Neyma
Domingo, 09/11/2008
Saimos no domingo de manhã para dar uma volta, iamos ao Mercado Municipal mas no caminho passamos numa feira de antiguidades no Bexiga e meu marido não resistiu. Ficamos por lá, rodamos todas as barracas e meu marido comprou um capacete da II Guerra Mundial. Depois fomos eu, minha sogra e meu marido almoçar no restaurante Famiglia.Mancini, que adoramos e sempre que estamos em SP procuramos dar uma passadinha por lá. Minha sogra não conhecia, adorou tudo e é a autora das fotos que posto hoje. O restaurante é uma típica tratoria italiana e fica sempre muito cheia, esperamos mais ou menos uma hora por uma mesa, mas valeu a pena para comer aquele delicioso espaguete com frutos do mar...humm...Uma delicia!!

domingo, 16 de novembro de 2008

Quarta-feira, dia 12/11, foi aniversario do meu amorzinho. Dia de semana, corrido, quando ele trabalha até bem tarde, não queria nada, mas...os filhos viriam dar-lhe um beijo, a mãe também, então um jantarzinho rapido que agradasse a todos foi a solução. Um prato unico e completo, rapido, pratico e delicioso.

YAKISSOBA DE FRANGO
Ingredientes:
  • 1 kg de filezinho de frango (cortado em tiras)
  • 2 cenouras em rodelas
  • 2 cebola em petalas
  • 1/2 acelga em tiras
  • 1/2 pimentão vermelho em palitos
  • 1/2 pimentão amarelo em palitos
  • 1/2 kg de ervilhas tortas cortadas ao meio
  • 6 cogumelos frescos Paris em laminas
  • 1 couve flor pequena (separada em pequenos buquês)
  • as flores de um maço de brocolis
  • 4 colheres (sopa) de óleo de canola
  • 1/2 garrafa de molho para yakissoba
  • 2 colheres (sopa de oleo de gergelim)
  • 1 xicara de molho shoyu
  • 2 colheres (sopa) de molho tonkatsu
  • 1 pacote grande de espaguete para yakissoba

Modo de preparo:

Aqueça uma panela wok, acrescente o óleo de canola e frite ligeiramente o frango. Quando mudar de cor, mas sem estar totalmente cozido, junte a cebola e na sequencia, as cenouras, as ervilhas, a couve-flor, o brocolis, os cogumelos, os pimentões e a acelga. Mexa a cada ingrediente acrescentado, não deixe por muito tempo, pois os legumes devem ficar "al dente". Junte então o molho de yakissoba, shoyu, oleo de gergelim e tonkatsu.

À parte cozinhe o espaguete para yakissoba por 3 minutos. Depois de cozido, junte-o aos legumes e frango na wok. Caso o caldo fique muito ralo, de uma engrossadinha com uma colher (sopa) de farinha de trigo.

Sirva imediatamente na propria panela wok.

21:20 Neyma
Quarta-feira, dia 12/11, foi aniversario do meu amorzinho. Dia de semana, corrido, quando ele trabalha até bem tarde, não queria nada, mas...os filhos viriam dar-lhe um beijo, a mãe também, então um jantarzinho rapido que agradasse a todos foi a solução. Um prato unico e completo, rapido, pratico e delicioso.

YAKISSOBA DE FRANGO
Ingredientes:
  • 1 kg de filezinho de frango (cortado em tiras)
  • 2 cenouras em rodelas
  • 2 cebola em petalas
  • 1/2 acelga em tiras
  • 1/2 pimentão vermelho em palitos
  • 1/2 pimentão amarelo em palitos
  • 1/2 kg de ervilhas tortas cortadas ao meio
  • 6 cogumelos frescos Paris em laminas
  • 1 couve flor pequena (separada em pequenos buquês)
  • as flores de um maço de brocolis
  • 4 colheres (sopa) de óleo de canola
  • 1/2 garrafa de molho para yakissoba
  • 2 colheres (sopa de oleo de gergelim)
  • 1 xicara de molho shoyu
  • 2 colheres (sopa) de molho tonkatsu
  • 1 pacote grande de espaguete para yakissoba

Modo de preparo:

Aqueça uma panela wok, acrescente o óleo de canola e frite ligeiramente o frango. Quando mudar de cor, mas sem estar totalmente cozido, junte a cebola e na sequencia, as cenouras, as ervilhas, a couve-flor, o brocolis, os cogumelos, os pimentões e a acelga. Mexa a cada ingrediente acrescentado, não deixe por muito tempo, pois os legumes devem ficar "al dente". Junte então o molho de yakissoba, shoyu, oleo de gergelim e tonkatsu.

À parte cozinhe o espaguete para yakissoba por 3 minutos. Depois de cozido, junte-o aos legumes e frango na wok. Caso o caldo fique muito ralo, de uma engrossadinha com uma colher (sopa) de farinha de trigo.

Sirva imediatamente na propria panela wok.

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Sábado (08/11/2008)
PRESOS NO ELEVADOR:
Sábado, hora do almoço, familia toda no mesmo hotel: bagunça, balburdia, muita falação, risos e brincadeiras. Todos prontos para descer ao mesmo tempo, eramos cinco no elevador e mais quatro apareceram no hall, "Vamos...cabe todo mundo", alguém disse. Éramos então 9 num elevador de um pouco mais de 1 metro quadrado (capacidade total 8). Alguém aperta o térreo, a porta se fecha e...nada, continua parado...aperta-se novamente e...nada. Minha irmã, perto do painel se pendura no alarme...e o caos esta instalado. Detalhe MUITO importante, a noiva também estava no elevador. Risos, brincadeiras, nervosos... a noiva grita: "Tenho que casar hoje"...e minha irmã pendurada no alarme. Fotos, nervosismos e eu...lá no cantinho do fundo ao lado de meu marido, tranquilo como alguém que lida com emergencias todos os dias. Alguém fala lá fora...é alguém do hotel...finalmente algum responsavel depois de uns 5 minutos. Não param de rir e falar, alguém grita "silencio!". O responsavel pede para não forçarmos a porta, alguém pede para se providenciar a chave de emergencia, alguem de fora responde: "não temos"... Mais 5 minutos se passam (será que estou exagerando...pareceu um século) ... o espelho do elevador começa a ficar embaçado e o ar vai indo embora, calor,muito calor, suor, começo a ficar nervosa. O responsavel do hotel diz: "chamamos alguem da Shindler, esta vindo"...O QUE???Esta vindo?? Vamos morrer sem ar aqui dentro! Virei então para meu marido e pedi: "Mozinho vai lá e abre aquela porta".
Minhas amigas...foi exatamente o que ele fez...depois de dois trancos bem fortes...meu amorzinho abriu a porta e salvou o casamento!! MEU HERÓI!!!


O CASAMENTO - CARDÁPIO DELICIOSO:



19:08 Neyma
Sábado (08/11/2008)
PRESOS NO ELEVADOR:
Sábado, hora do almoço, familia toda no mesmo hotel: bagunça, balburdia, muita falação, risos e brincadeiras. Todos prontos para descer ao mesmo tempo, eramos cinco no elevador e mais quatro apareceram no hall, "Vamos...cabe todo mundo", alguém disse. Éramos então 9 num elevador de um pouco mais de 1 metro quadrado (capacidade total 8). Alguém aperta o térreo, a porta se fecha e...nada, continua parado...aperta-se novamente e...nada. Minha irmã, perto do painel se pendura no alarme...e o caos esta instalado. Detalhe MUITO importante, a noiva também estava no elevador. Risos, brincadeiras, nervosos... a noiva grita: "Tenho que casar hoje"...e minha irmã pendurada no alarme. Fotos, nervosismos e eu...lá no cantinho do fundo ao lado de meu marido, tranquilo como alguém que lida com emergencias todos os dias. Alguém fala lá fora...é alguém do hotel...finalmente algum responsavel depois de uns 5 minutos. Não param de rir e falar, alguém grita "silencio!". O responsavel pede para não forçarmos a porta, alguém pede para se providenciar a chave de emergencia, alguem de fora responde: "não temos"... Mais 5 minutos se passam (será que estou exagerando...pareceu um século) ... o espelho do elevador começa a ficar embaçado e o ar vai indo embora, calor,muito calor, suor, começo a ficar nervosa. O responsavel do hotel diz: "chamamos alguem da Shindler, esta vindo"...O QUE???Esta vindo?? Vamos morrer sem ar aqui dentro! Virei então para meu marido e pedi: "Mozinho vai lá e abre aquela porta".
Minhas amigas...foi exatamente o que ele fez...depois de dois trancos bem fortes...meu amorzinho abriu a porta e salvou o casamento!! MEU HERÓI!!!


O CASAMENTO - CARDÁPIO DELICIOSO:



quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Quase hora do jantar...o que fazer?
Abro o freezer...costelinhas...uma boa pedida. Mas...como fazer? Sempre que eu fazia costelinhas temperava e colocava direto no forno para assar, inclusive é assim que manda o fabricante. Mas...vendo o Super-chef do Mais Você, ontem, a prova foi preparar costelinhas de porco. Observei que as costelinhas preparadas foram a panela de pressão antes de serem assadas e ficaram daquele jeito que comemos em restaurante, bem macias, soltando do osso. Então quis experimentar fazer desta forma, morrendo de medo que desmanchassem, mas deu certo, ficaram uma delicia, soltando do osso como eu queria. Agora só vou fazer assim.


COSTELINHAS ASSADAS AO MOLHO DE SALVIA

Ingredientes:

  • 1 ripa de costelinhas de porco
  • 1 copo de vinho tinto 1 copo de agua
  • 1 colher (sopa) de alho picado com ervas finas
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 4 folhas de louro
  • 1 maço de salvia
  • 1 cebola media em pedaços grandes
  • 1 colher (chá) de farinha de trigo
  • 2 batatas baroa cozidas em cubos

Modo de preparo:

Divida a ripa de costelinha em duas partes. Leve a panela de pressão junto com o vinho, a agua, louro, o tablete de caldo e o alho. Deixe cozinhar por meia hora. Retire da pressão e reserve. Leve o molho que ficou na panela de pressão ao fogo para reduzir a 1/3 do total, juntando a cebola e a salvia. Prove o sal. Coe o molho e engrosse com a farinha.


Separe as tiras de costelinhas, entre os ossos, arrume numa assadeira com a batata baroa a volta e leve ao forno regando com o molho, até dourar.


11:50 Neyma
Quase hora do jantar...o que fazer?
Abro o freezer...costelinhas...uma boa pedida. Mas...como fazer? Sempre que eu fazia costelinhas temperava e colocava direto no forno para assar, inclusive é assim que manda o fabricante. Mas...vendo o Super-chef do Mais Você, ontem, a prova foi preparar costelinhas de porco. Observei que as costelinhas preparadas foram a panela de pressão antes de serem assadas e ficaram daquele jeito que comemos em restaurante, bem macias, soltando do osso. Então quis experimentar fazer desta forma, morrendo de medo que desmanchassem, mas deu certo, ficaram uma delicia, soltando do osso como eu queria. Agora só vou fazer assim.


COSTELINHAS ASSADAS AO MOLHO DE SALVIA

Ingredientes:

  • 1 ripa de costelinhas de porco
  • 1 copo de vinho tinto 1 copo de agua
  • 1 colher (sopa) de alho picado com ervas finas
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 4 folhas de louro
  • 1 maço de salvia
  • 1 cebola media em pedaços grandes
  • 1 colher (chá) de farinha de trigo
  • 2 batatas baroa cozidas em cubos

Modo de preparo:

Divida a ripa de costelinha em duas partes. Leve a panela de pressão junto com o vinho, a agua, louro, o tablete de caldo e o alho. Deixe cozinhar por meia hora. Retire da pressão e reserve. Leve o molho que ficou na panela de pressão ao fogo para reduzir a 1/3 do total, juntando a cebola e a salvia. Prove o sal. Coe o molho e engrosse com a farinha.


Separe as tiras de costelinhas, entre os ossos, arrume numa assadeira com a batata baroa a volta e leve ao forno regando com o molho, até dourar.


terça-feira, 11 de novembro de 2008

Como sempre faço, ontem dei uma olhada na geladeira procurando algo que estivesse há muito tempo, esperando para ser preparado. Veio-me a vontade de fazer uns biscoitinhos, mas de que? Encontrei um fubá que já há muito tempo não era usado e farinha de soja (adoro tudo que é feito de soja). Será que ficaria bom um biscoito de fubá com farinha de soja? Só fazendo para saber. Fiz e ficou bom...poderia ter ficado melhor, na verdade. Poderia ter colocado erva doce, mas eu não tinha, talvez um pouco mais de margarina e mais fubá também , pois não ficou com muito sabor.
Bem...ficaram crocantes, pouco doces, gostosos, mas o sabor da farinha de soja prevaleceu. O proximo farei com estas modificações e posto novamente. Valem os erros para aprendermos, não é mesmo?

BISCOITINHOS RÚSTICOS

Ingredientes:

  • 1 xícara de fubá
  • 1 xícara de farinha de soja
  • 2 gemas
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 150 g de margarina

Modo de preparo:

Misture as farinhas com o açúcar. Junte as gemas e a margarina. Faça bolinhas com a massa e colocar em tabuleiro untado com margarina. Amasse-os ligeiramente com um garfo e polvilhe com uma mistura de fubá com açúcar.

Leve para assar em forno médio até dourar.

22:54 Neyma
Como sempre faço, ontem dei uma olhada na geladeira procurando algo que estivesse há muito tempo, esperando para ser preparado. Veio-me a vontade de fazer uns biscoitinhos, mas de que? Encontrei um fubá que já há muito tempo não era usado e farinha de soja (adoro tudo que é feito de soja). Será que ficaria bom um biscoito de fubá com farinha de soja? Só fazendo para saber. Fiz e ficou bom...poderia ter ficado melhor, na verdade. Poderia ter colocado erva doce, mas eu não tinha, talvez um pouco mais de margarina e mais fubá também , pois não ficou com muito sabor.
Bem...ficaram crocantes, pouco doces, gostosos, mas o sabor da farinha de soja prevaleceu. O proximo farei com estas modificações e posto novamente. Valem os erros para aprendermos, não é mesmo?

BISCOITINHOS RÚSTICOS

Ingredientes:

  • 1 xícara de fubá
  • 1 xícara de farinha de soja
  • 2 gemas
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 150 g de margarina

Modo de preparo:

Misture as farinhas com o açúcar. Junte as gemas e a margarina. Faça bolinhas com a massa e colocar em tabuleiro untado com margarina. Amasse-os ligeiramente com um garfo e polvilhe com uma mistura de fubá com açúcar.

Leve para assar em forno médio até dourar.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Sexta-feira (07/11/2008)

Estive alguns dias ausente pois viajei para São Paulo, para o casamento de minha sobrinha Mariana. Quando comentei com Nana e Mari que estaria por lá, elas imediatamente promoveram um encontro, qua aconteceu no hotel onde eu estava hospedada. Que delicia de encontro!!
Devo me confessar comovida com estas duas meninas maravilhosas que conheci neste encontro. Digo meninas por terem a idade dos meus filhos, mas são mulheres maravilhosas, lindas, fortes, felizes, decididas, de bem com a vida, queridissimas, doces, generosas, bem humoradas. Com histórias de vida de superação, algumas dificuldades e muito crescimento e amadurecimento.
Adorei conhece-las, passar momentos juntas, mesmo que rápidos, foram momentos deliciosos que me deixaram um gostinho de "quero mais". Em pouco tempo, conversamos muito, sobre muitos assuntos, inclusive culinária (rs).
Mari foi com sua familia linda, que eu conhecia por fotos. Ela, querida, doce, feliz, bem humorada, falante, franca e decidida, amorosa e apaixonada. O marido um rapaz bem humorado e amoroso, admirador nº 1 e SUPER apaixonado por sua linda mulher. Sua linda filha pré-adolescente, forte, com opiniões formadas, muito inteligente e principalmente muito amiga da mãe. E Nana, que linda, carinhosa, protetora, sincera, um olhar forte, sabe o que quer e batalha muito para chegar lá, apaixonada pelo marido (que não pode estar presente), corajosa, sabe onde pisa e faz sua história.
Estou muito feliz por este encontro e espero que muitos mais aconteçam, e que na próxima outras amigas possam estar presentes, pois a chuva nos atrapalhou desta vez.


18:53 Neyma
Sexta-feira (07/11/2008)

Estive alguns dias ausente pois viajei para São Paulo, para o casamento de minha sobrinha Mariana. Quando comentei com Nana e Mari que estaria por lá, elas imediatamente promoveram um encontro, qua aconteceu no hotel onde eu estava hospedada. Que delicia de encontro!!
Devo me confessar comovida com estas duas meninas maravilhosas que conheci neste encontro. Digo meninas por terem a idade dos meus filhos, mas são mulheres maravilhosas, lindas, fortes, felizes, decididas, de bem com a vida, queridissimas, doces, generosas, bem humoradas. Com histórias de vida de superação, algumas dificuldades e muito crescimento e amadurecimento.
Adorei conhece-las, passar momentos juntas, mesmo que rápidos, foram momentos deliciosos que me deixaram um gostinho de "quero mais". Em pouco tempo, conversamos muito, sobre muitos assuntos, inclusive culinária (rs).
Mari foi com sua familia linda, que eu conhecia por fotos. Ela, querida, doce, feliz, bem humorada, falante, franca e decidida, amorosa e apaixonada. O marido um rapaz bem humorado e amoroso, admirador nº 1 e SUPER apaixonado por sua linda mulher. Sua linda filha pré-adolescente, forte, com opiniões formadas, muito inteligente e principalmente muito amiga da mãe. E Nana, que linda, carinhosa, protetora, sincera, um olhar forte, sabe o que quer e batalha muito para chegar lá, apaixonada pelo marido (que não pode estar presente), corajosa, sabe onde pisa e faz sua história.
Estou muito feliz por este encontro e espero que muitos mais aconteçam, e que na próxima outras amigas possam estar presentes, pois a chuva nos atrapalhou desta vez.


quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Esta receita me lembra a Vó Mindoca, que fazia sempre, recheados com bacon ou ovo cozido e um molhinho bem gostoso.
Não fiz como ela, até porque estas receitas não eram escritas por serem pratos comuns do dia a dia. Fiz a minha moda, olhando o que tinha na geladeira e o que poderia ficar bom.
Ficou muito bom!!


ENROLADINHO DE CONTRA-FILÉ A MINHA MODA
Ingredientes:
  • 10 bifes de contra-filé batidos
  • 10 cubinhos de muzzarela
  • 1 cebola grande picada
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 1 colher (sopa) de molho shoyu
  • 1 colher (sopa) de molho tonkatsu
  • 1 colher (sopa) de vinagre tinto
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 1 colher (sopa) de molho barbecue
  • 1 colher (chá) de gengibre em pó
  • 2 folhas de louro
  • 1/2 lata de molho de tomate
  • manjericão fresco picado a gosto

Modo de preparo:

Enrole os bifes de contra-filé, com os pedaços de muzzarela dentro e prenda com palitos. Reserve. Numa frigideira funda anti-aderente, murche a cebola junto com o tablete de caldo. Junte os molhos (menos o de tomate), o louro, vinagre e o gengibre. Acrescente os enroladinhos, junte o molho de tomate e deixe cozinhar em fogo baixo, até a carne ficar macia e reduzir um pouco o molho.



Servi com espaguete integral

19:11 Neyma
Esta receita me lembra a Vó Mindoca, que fazia sempre, recheados com bacon ou ovo cozido e um molhinho bem gostoso.
Não fiz como ela, até porque estas receitas não eram escritas por serem pratos comuns do dia a dia. Fiz a minha moda, olhando o que tinha na geladeira e o que poderia ficar bom.
Ficou muito bom!!


ENROLADINHO DE CONTRA-FILÉ A MINHA MODA
Ingredientes:
  • 10 bifes de contra-filé batidos
  • 10 cubinhos de muzzarela
  • 1 cebola grande picada
  • 1 tablete de caldo de carne
  • 1 colher (sopa) de molho shoyu
  • 1 colher (sopa) de molho tonkatsu
  • 1 colher (sopa) de vinagre tinto
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 1 colher (sopa) de molho barbecue
  • 1 colher (chá) de gengibre em pó
  • 2 folhas de louro
  • 1/2 lata de molho de tomate
  • manjericão fresco picado a gosto

Modo de preparo:

Enrole os bifes de contra-filé, com os pedaços de muzzarela dentro e prenda com palitos. Reserve. Numa frigideira funda anti-aderente, murche a cebola junto com o tablete de caldo. Junte os molhos (menos o de tomate), o louro, vinagre e o gengibre. Acrescente os enroladinhos, junte o molho de tomate e deixe cozinhar em fogo baixo, até a carne ficar macia e reduzir um pouco o molho.



Servi com espaguete integral


Recebi da queridissima Ameixa o Desafio do dia do Livro, um incentivo à leitura e valorização dos livros, que com a Internet, estão quase fora de moda...o que é uma pena!
Bem tenho que postar tres livros e como estamos num blog culinário, nada mais justo do que postar livros de culinária, que são o meu vicio!

Devo agora passar o desafio para 5 amigas, escolhi então as queridissimas:

17:01 Neyma

Recebi da queridissima Ameixa o Desafio do dia do Livro, um incentivo à leitura e valorização dos livros, que com a Internet, estão quase fora de moda...o que é uma pena!
Bem tenho que postar tres livros e como estamos num blog culinário, nada mais justo do que postar livros de culinária, que são o meu vicio!

Devo agora passar o desafio para 5 amigas, escolhi então as queridissimas: